Italo surfa da pedra, e Medina testa pranchas no 1º treino no Japão

Duas das maiores esperanças do Brasil nas Olimpíadas de Tóquio, Gabriel Medina e Italo Ferreira mostraram que estão se sentindo em casa no primeiro contato com as ondas de Tsurigasaki na tarde deste terça-feira. Apesar de estarem muito pequenas, as “marolas” serviram para os cabeças de chave do surfe testarem seus equipamentos, especialmente Italo, que teve as pranchas extraviadas durante o voo para o Japão.

Depois de perder o primeiro dia de preparação, o potiguar recebeu suas pranchas depois do almoço e foi direto para a praia para aproveitar as ondas, e acabou surfando de uma forma diferente. Italo entrou nas marolas saltando das pedras do espigão que funciona como proteção para a Praia de Tsurigasaki.

Já Medina, que só chegou ao Japão na última noite, aproveitou para testar modelos de prancha diferentes.

Posts recentes