No último ato, Formiga quer representar as pioneiras do Brasil

Sissi, Pretinha, Kátia Cilene, Elane, Fanta, Nenê, Tânia Maranhão, Marisa, Roseli, Cenira, Marcia Tafarel, Michael Jackson, Cebola, Pelezinha, Meg. Nos Jogos Olímpicos de Tóquio, Formiga jogará por essas e tantas pioneiras do futebol feminino do Brasil – a estreia é diante da China na próxima quarta (21), 5h (de Brasília), com transmissão de TV Globo, SporTV e ge.globo.

Aos 43 anos, a camisa 8 chega ao recorde na sétima Olimpíada lembrando de todas que vieram antes. E no caso dela, que estiveram ao seu lado. No Japão, ela enfim aceita também ser um símbolo dessa resistência, das mulheres que queriam jogar bola. E agradece a todas aquelas que não desistiram e não puderam viver dias melhores.

Posts recentes