Para evitar casos de Covid, Brasil desfilará com quatro pessoas na abertura de Tóquio

O Brasil vai desfilar com apenas quatro pessoas na cerimônia de abertura das Olimpíadas de Tóquio, que acontece nesta sexta-feira. Visando minimizar os riscos no contexto de pandemia, apenas Bruninho, do vôlei, e Ketleyn Quadros, do judô, serão os atletas presentes. Os porta-bandeiras do Time Brasil serão acompanhados por Marco La Porta, chefe de missão, e mais um oficial administrativo.

Quatro é o número mínimo de integrantes na cerimônia exigido pelo Comitê Olímpico Internacional, contando atletas e oficiais.

Posts recentes